Diabetes em Idosos

0
39

A diabetes é uma doença que não escolhe idade e por isso ela ocorre também em idosos, mas para esse tipo de pessoas ela é um pouco mais complicadinha.

Neste artigo vamos ver um pouco sobre a diabetes em idosos e quais os riscos que ela traz.

Mas o que é diabetes?

A diabetes (também conhecida como diabetes mellitus), é uma condição de saúde crônica que é conhecida por manter os níveis de açúcar no sangue sempre alto e isso se deve ao fato do organismo ser incapaz de produzir ou responder a insulina.

E o que é insulina? É um hormônio que permite que a glicose no sangue entre nas células do corpo e ser usado para energia.

Diabetes em Idosos

Por que os idosos estão em risco de ter diabetes??

Os idosos (aqueles com mais de 65 anos), não são as únicas pessoas a serem afetadas pelo diabetes como já falado, e o tipo mais comum que afeta eles é a diabetes tipo 2, o tipo mais comum e geralmente diagnosticado em adultos com idade superior a 45 anos.

E a diabetes tipo 2 está mais ligada a um estilo de vida não saudável, e os principais fatores que levam uma pessoa a adquirir a diabetes tipo 2 são:

  • Excesso de peso
  • Predisposição genética
  • Falta de exercícios físicos e má alimentação

É mais provável se ter diabetes quando:

  • Se tem pressão alta e mais de 45 anos
  • Estar acima do peso e ter mais de 45 anos
  • Se um membro da família teve ou tem diabetes e você tem mais de 45 anos
  • Ter mais de 55 anos
  • Já teve um ataque cardíaco no passado
  • Possui uma doença cardíaca
  • Teve diabetes durante a gravidez, chamada de diabetes gestacional

Quais são os efeitos da diabetes em idosos?

Um ponto fundamental para os idosos com diabetes é que os sintomas não são tão óbvios assim.

A exemplo de dois sintomas presentes nas pessoas mais jovens como urinar muitas vezes e sentir muita sede não são tão presentes assim nos idosos.

E também sintomas comuns da diabetes tipo 2 como se sentir cansado ou letárgico serem confundidos como parte natural do envelhecimento.

Diabetes em Idosos
Diabetes em Idosos

Então, como resultado, pessoas mais velhas como diabetes podem estar “livres” dos sintomas e permanecer sem diagnóstico até que o dano seja feito.

Se o acúmulo de glicose no sangue não for controlado, pode causar danos enormes a quase todos os principais orgãos do corpo humano, incluindo : danos nos rins, danos nas artérias, o aumento nas chances de acidente vascular cerebral (AVC) e ataque cardíaco, dano ocular, disfunção erétil em homens, e danos nervosos que podem levar a lesões traumáticas e infecções e que podem levar a amputação dos membros atingidos.

Como a expectativa de vida hoje em dia gira em torno de 80 anos, a prevenção a danos de longo prazo da diabetes é essencial.

Como outras condições de saúde afetam a diabetes em idosos?

Os idosos normalmente possuem outras condições de saúde que podem interferir na diabetes.

Como, por exemplo, pressão arterial alta ou os níveis de determinadas gorduras no sangue podem fazer com que algumas complicações mais comuns da diabetes sejam agravadas, tal como problemas renais, problemas de visão e problemas de coração e circulação.

Alguns medicamentos, ervas e suplementos também podem causar um impacto nos níveis de glicose no sangue.

Então, certifique-se de informar a cada médico, farmacêutico e profissional de saúde complementar que o trata de ter diabetes para que eles possam recomendar o tratamento adequado.

O que o seu médico pode fazer para ajudar a controlar a condição?

  • Fazer exames de sangue regularmente para verificar se o seu diabetes está sob controle;
  • Verificar seus olhos regularmente para acompanhar uma possível doença ocular (retinopatia diabética);
  • Monitorar seu peso e ajudar você a perder peso se precisar;
  • Medir regularmente a pressão arterial e providenciar tratamento para pressão alta, se necessário;
  • Monitorar seus níveis de colesterol e triglicerídeos (tipos de gordura encontrados na corrente sanguínea) regularmente e fornecer tratamento se seus níveis estiverem fora do normal;
  • Realizar exames regulares de urina para detectar problemas renais (nefropatia diabética);
  • Prescrever comprimidos conhecidos como agentes hipoglicemiantes orais (ou insulina, se necessário), se a adoção de um estilo de vida mais saudável não o ajudou a controlar sua diabetes.

LEIA TAMBÉM: O que é Diabetes Tipo 1

O que você pode fazer para ajudar a controlar sua condição?

  • Trabalhe em conjunto com seu médico e com outros profissionais de saúde para aprender a controlar o diabetes;
  • Realize o monitoramento regular da glicemia para acompanhar sua condição;
  • Cuide da sua dieta e faça escolhas saudáveis, como comer menos alimentos gordurosos e mais saudáveis como frutas, vegetais e legumes;
  • Pare de fumar, se você fuma;
  • Perca peso se precisar;
  • Faça atividade física, sob a orientação de seu médico;
  • Certifique-se de tomar seu medicamento de acordo com as instruções do seu médico.
Diabetes em Idosos
Diabetes em Idosos

Lembre-se, enquanto a diabetes não for tratada, você coloca em risco  a sua saúde de forma significativa e  uma série de problemas de saúde sérios, esse risco pode ser amplamente melhorado por tratamento médico e de estilo de vida adequado.

Por isso nada de tentar resolver seus problemas de saúde por conta própria, ok?

Observação muito importante:

Nunca deixe de consultar um médico antes de qualquer atitude e jamais tente se automedicar. Não recomendamos que você retire a sua medicação.

As informações  do Ser Feliz Agora são de caráter informativo e não substitui o acompanhamento médico, fito terapeuta, terapeuta e profissional de educação física.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva aqui seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui