Conheça mais sobre a diabetes tipo 1 e tipo 2

0
32

É cada vez mais importante que você conheça mais sobre a diabetes tipo 1 e tipo 2, pois está se tornando cada vez mais comum nos dias atuais.

Muito se tem falado sobre esse assunto, tanto em jornais, revistas, televisão…é tanta informação que às vezes nos confunde, não é mesmo?

Mas vamos, neste artigo, salientar alguns dos pontos mais importantes sobre a diabetes dos dois tipos.

Vamos a alguns fatos

A diabetes é uma condição crônica: está diretamente associada a altos níveis de açúcar no sangue.

O seu pâncreas é responsável pela produção da insulina para reduzir a glicemia.

Quando não há a produção suficiente ou essa produção não existe, o corpo se torna incapaz de produzir e de usar da forma correta a insulina, causando assim a diabetes

Os casos mais comuns da diabetes são: tipo 1 e tipo 2 . Elas eram conhecidas anteriormente como diabetes juvenil e diabetes adulta.

  • Os sintomas mais comuns da diabetes são : fadiga, fome e sede excessivas, perda de peso, problemas de pele, cicatrização lenta de feridas, formigamento nos pés.
diabetes tipo 1 e tipo 2
Cansaço é um dos sintomas
  • Estar acima do peso ou estar obeso, ser sedentário, ter histórico familiar de diabetes, ter pressão alta, ter o nível de colesterol bom (HDL) baixo, são alguns dos fatores de risco que pode te levar a ter a diabetes tipo 2.
  • Caso você sinta que possa ter pré-diabetes ou diabetes, somente um profissional da saúde é quem pode lhe orientar a melhor forma de tratar.
  • Se não cuidada da forma correta, ao passar dos anos, a diabetes pode levar a cegueira, a danos nos nervos e também a insuficiência renal.
  • Quando o surgimento dos primeiros sintomas não são tratados, como o alto nível de açúcar no sangue e a perda da glicose na urina, isso acarreta a maior vontade de ir ao banheiro para urinar e leva a desidratação, que leva a sede frequente.
diabetes tipo 1 e tipo 2
Sede constante é sinal de diabetes tipo 2
  • As alterações nas taxas de açúcar podem levar a visão embaçada
  • Quando os níveis de glicose estão extremamente altos, isso pode levar até o coma e a letargia
  • O endocrinologista é o médico indicado para cuidar de distúrbios hormonais e também a pacientes com diabetes. Ele é quem vai solicitar um exame de sangue para averiguar a sua taxa de açúcar no sangue, entre outros exames.

E aí, você gostou de saber mais sobre a diabetes tipo 1 e tipo 2? Conta para gente!

Observação muito importante:

Nunca deixe de consultar um médico antes de qualquer atitude e jamais tente se automedicar. Não recomendamos que você retire a sua medicação.

As informações  do Ser Feliz Agora são de caráter informativo e não substitui o acompanhamento médico, fito terapeuta, terapeuta e profissional de educação física.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva aqui seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui